O que fazer com potes e garrafas de vidro

Potes e garrafas de vidro que iriam para o lixo podem ser reaproveitados na decoração e viram luminária, porta-retrato, vasos, lustres, porta-treco e mais. E viva a reciclagem!

No banheiro/lavabo
Com a tampa parafusada na madeira vira um porta-treco
Para guardar as escovas de dente
Como porta-retrato
Potes de vidro + renda + velas
Também com rendas e velas
Potes + crochê + velas
Garrafas de formato e cores diferentes viram composição de vasos
Amarradas com sisal
Vasinhos pora temperos
Garrafas +luzes de Natal = lustre
Garrafas sem fundo = lustres
Anúncios

Luminárias de sisal, eu quero!

Clica que fica maior!

Fiquei enlouquecida com umas luminárias de sisal que estavam em uma sala no Hotel Fazenda onde passei uma semana das minhas férias. Não resisti, entrei e tirei umas fotos. Como o hotel está sendo ampliado, acredito que elas serão instaladas nos quartos novos. Perguntei na recepção, mas ninguém soube me dizer de onde elas vieram e onde eu poderia comprá-las. Eram tantas e eu querendo apenas uma…

Provavelmente elas são fabricadas em teares, mas também é possível fazer em casa. Minha irmã (que é artista plástica) já tentou improvisar uma para a casa dos meus pais. Até que ficou bem parecida. Quem quiser tentar vai precisar de:

  • Um rolo de sisal;
  • Uma bola daquelas “dente-de-leite” grande (ou da menor), que a gente sempre vê em postos de gasolina rsrs;
  • Cola branca.

O sisal umedecido na colar deve ser enrolado na bola formando uma teia, deixando uma abertura em um dos lados (onde fica a válvula da bola) para a colocação da lâmpada e encaixe no bocal do teto. Deve-se passar mais cola ao final e esperar secar. Depois, é só murchar a bola e está pronta. O resultado é uma bola firme e leve.

Na luminária da foto tem uma cordinha para pendurar, que você também pode adaptar, como se fosse uma trança. tudo depende de como ela será utilizada.

As bolas de sisal também podem ser compradas na região da 25 de março (SP) por volta de R$ 50,00, coloridas ou na cor natural.  É uma opção bonita, diferente e barata (custa menos do que um abajur).