Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘design’ Category

Já assisti ao comercial da Skol Design inúmeras vezes, mas nunca tinha parado para pesquisar melhor. A ideia da Skol é a de que aquilo que poderia ir para o lixo, no caso a garrafa em alumínio, pode ganhar nova atividade e função.

Imagem

Relógio, castiçal, vaso, galheteiro e luminária

Imagem

As garrafas de cerveja da Skol podem ser compradas em supermercados ou lojas de conveniência. São cinco estampas diferentes e colecionáveis.

ambiente-relogio

Os criativos de plantão podem abusar das boas ideias e utilizar as garrafas de diversas maneiras. Aqueles que preferem não arriscar podem adquirir os chamados “Kits Skol Design”, uma edição limitada e exclusiva de cinco kits de design com luminária (R$ 57,90), relógio (R$ 49,90), galheteiro (R$ 44,90), castiçal (R$ 39,90), ou vaso (R$ 29,90), com venda exclusiva pela internet.

Imagem

Imagem

No site, o arquiteto e design Maurício Arruda ensina a fazer outras artes com os kits, como um lustre de luminárias. Vai lá!

Eu achei a ideia bacaninha e curti bastante a luminária e o galheteiro. E você, o que achou?

Anúncios

Read Full Post »

Eu já devo ter dito aqui que sou fanzoca do Marcelo Rosenbaum, por valorizar a brasilidade, o artesanato e a cultura popular. Eis que descubro a casa dele inteirinha publicada no The Selby, site de Todd Selby (fotógrafo, blogueiro, jornalista de moda, etc.), que posta sessões de fotos de famosos e suas casas.

Foto de Todd Selby

Foto de Todd Selby

No site do Rosenbaum também tem fotos da casa dele e toda a história da reforma da “primeira casa própria” foi contada no livro “Entre sem Bater”, da Editora Abril.

Com ladrilho hidráulico e madeira de demolição

A edição de junho/2011 da revista Casa e Jardim traz uma reportagem com o quarto das crianças.

Da revista Casa e Jardim

Fora a casa de famosos assinadas pelo arquiteto (como a de Otaviano Costa e Flávia Alessandra), você pode conferir um pouco do trabalho de Rosenbaum no quadro “Lar Doce Lar“, do Caldeirão do Huck.

Edição de outubro/2011

Se você também curte, vai lá ver!

Read Full Post »

Meu desejo do momento é uma mesa de madeira de demolição. Acho simplesmente linda (além de ecologicamente correta)!

Folheando a revista Casa e Jardim deste mês (out/11) encontrei vários projetos com esta proposta. A ideia é combiná-la com cadeiras mais moderninhas.

Minha sala de jantar vai ganhar uma em breve, de peroba rosa.  Publico a foto aqui quando ela estiver pronta.

Da casa de Flávia Alessandra e Otaviano Costa, decorada por Marcelo Rosenbaum

O lado direito da mesa recebeu bancos em vez de cadeiras

A mesa é apoiada no balcão que separa a cozinha da sala de jantar (veja foto abaixo)

 

Mesa da hamburgueria Butcher's Market, de SP.

Mais rústica impossível. Foto da Casa Cláudia

Read Full Post »

Móveis antigos, mesinhas de apoio, cômodas, entre tantos outros itens podem ocupar aquele cantinho de passagem sem nada ou mesmo o hall de entrada. O uso dele é você que define: apenas decorativo, um espaço organizador, para pendurar bolsas, apoiar bebidas e mais. O uso de fotos de família, quadros, espelhos, bandejas, vasos (com ou sem flores), enfeites trazidos de viagens, abajures etc. é bastante comum, sem falar nas inúmeras possibilidades de cores.

Read Full Post »

Aquele prato de bolo com pedestal que você tem em casa e quase nunca usa pode ganhar novo emprego no seu banheiro: apoio para cosméticos e perfumes que você usa todos os dias.

Colocados sobre a bancada da pia, apoiam vidros de perfumes, sabonetes e afins em grande estilo e sem molhar. Prefira sempre os modelos em vidro ou porcelana branca.

Read Full Post »

Está  sem criado-mudo ou procura uma ideia diferente? Já pensou em usar aquela escada de madeira que está encostada e sem uso em uma mesinha de apoio? Veja alguma ideias:





Read Full Post »

Que tal dar uma repaginada naquele móvel antigo que já não combina mais com a decoração ou mesmo que não tem mais utilidade? Com algumas pinceladas de tinta acrílica, móveis de madeira podem ganhar cara nova e, quem sabe, até nova função no ambiente.

Para começar é preciso lixar a peça com lixa específica para madeira (lixa 100, por exemplo), até retirar toda a cobertura de verniz. Depois de escolher a cor desejada da tinta (geralmente acrílica) é só pintar e esperar secar.

Existem outras técnicas mais elaboradas, como é o caso da pátina, que nada mais é do que  lixar o móvel novamente após a secagem total da pintura, até que apareça o fundo – no caso os veios da madeira.

Para finalizar, que tal trocar os puxadores por outros novinhos e mais modernos, ou mesmo no estilo retrô?

Read Full Post »

Older Posts »