Luminárias de sisal, eu quero!

Clica que fica maior!

Fiquei enlouquecida com umas luminárias de sisal que estavam em uma sala no Hotel Fazenda onde passei uma semana das minhas férias. Não resisti, entrei e tirei umas fotos. Como o hotel está sendo ampliado, acredito que elas serão instaladas nos quartos novos. Perguntei na recepção, mas ninguém soube me dizer de onde elas vieram e onde eu poderia comprá-las. Eram tantas e eu querendo apenas uma…

Provavelmente elas são fabricadas em teares, mas também é possível fazer em casa. Minha irmã (que é artista plástica) já tentou improvisar uma para a casa dos meus pais. Até que ficou bem parecida. Quem quiser tentar vai precisar de:

  • Um rolo de sisal;
  • Uma bola daquelas “dente-de-leite” grande (ou da menor), que a gente sempre vê em postos de gasolina rsrs;
  • Cola branca.

O sisal umedecido na colar deve ser enrolado na bola formando uma teia, deixando uma abertura em um dos lados (onde fica a válvula da bola) para a colocação da lâmpada e encaixe no bocal do teto. Deve-se passar mais cola ao final e esperar secar. Depois, é só murchar a bola e está pronta. O resultado é uma bola firme e leve.

Na luminária da foto tem uma cordinha para pendurar, que você também pode adaptar, como se fosse uma trança. tudo depende de como ela será utilizada.

As bolas de sisal também podem ser compradas na região da 25 de março (SP) por volta de R$ 50,00, coloridas ou na cor natural.  É uma opção bonita, diferente e barata (custa menos do que um abajur).

Anúncios

29 comentários em “Luminárias de sisal, eu quero!

    1. Olá Eder!
      Faço luminarias em PVC. Quero fazer em sisal, por acaso vc sabe fazer ou sabe me dar algumas dicas ou mesmo quem de um curso.
      Grata,
      Glória

  1. Olá valeria, gostei muito do seu artigo, passei minhas ferias
    em Março/2010 em Natal – RN. Lá pude observar que muitos estabelecimentos e principalmente hoteis utilizam muito este tipo de luminaria. Conhecemos 3 hoteis diferentes, o Pontal Mar, o Vila do mar e o Rifoles, todos tinham este tipo de lumirarias.
    Procurei para comprar mas só achei duas em um pequeno shopping em Natal, como necessitava de 6 meu marido achou melhor comprarmos em SP. Quando chegamos em SP. não achei com facilidade, quando fui procurar na internet, achei seu artigo.
    Imediatamente comprei o sisal e a cola e fiz 1, 2, 3 e estou terminando a 6 luminaria.
    Obs.: Já mudei o manequim e no lugar da bola, peguei um balde
    e fiz, ficou um lindo abajur rsrsrs.

    Abraço,

    Edna

    1. Oi Edna, fico contente que tenha encontrado a dica da luminária de sisal aqui no blog. Imagino como você também gostou delas ao vê-las nos hotéis por onde passou. E se empolgou mesmo, hein!!! Logo seis e mais a luminária? Se quiser me mandar foto eu posto aqui no blog. Ainda farei as minhas, para a minha casa, rs. Obrigada pela visita e volte sempre!

  2. Olá eu sou de Campanha Minas Gerais e também trabalho com tear, inclusive faço bolas decorativas de sisal,é muito legal e os meus clientes adoram esse tipo de luminária.

    1. Oi Bárbara! Imagino que seja mesmo uma terapia mesmo…. Você usa o que no lugar da cola branca? Resina? Compartilha aqui no blog. Att, Valéria.

  3. São lindas mesmo!Realmente no Hotel Rifóles tem umas gigantescas e sempre em trios.

    No canal Fox life (na sky é o canal 32) existem o dia inteiro muitos programas de artesanato tipo faça você mesma, e num destes programas uma artesã ensinou fazer uma luminária com lãs de tricô.

    Ela fez com uma vermelha, e fez a “trama” em uma bola de gás, onde o “bico da bola”, ficava apoiado em um copo para facilitar o enrolar.Ao final ( após a secagem) ela furou a bola, aparou o bocal da trama e apoiou em uma base preta com uma luz fria(obviamente para não esquentar a trama).Ficou lindo.Ela sugeriu também fazer com bolas de formatoto coração.Deve ficar muito diferente.

  4. Valéria ,

    Parabens por seus artigos , adorei aquele fogão a lenha , que nos transporta para a simplicidade do bom gosto .

    Quando vc tiver um tempinho ,de uma espiada nas luminárais do meu blog .São em barbante colorido .
    Ainda se puder , me de sua opninião sobre as mesmas.

    Abraços

    Carlos

    1. Oi Mari! Para que a bola fique com a abertura no centro é só não enrolar o sisal próximo ao pino, coisa pouca, o suficiente para passar uma lâmpada (e para poder retirar a bola depois de murcha). Volte sempre por aqui! bjo

  5. Olá!

    Esta luminária Linda e totalmente Artezanal é daqui de Recife!
    Você pode encontrar delas no mercado São José.
    Bjs..

    Att,

    Elza.

  6. ADOREIII MTO LINDO + MINHA DUVIDA E COMO DEIXAR O BURACO NO CENTRO DA LUNINARIA MSM, MSM ASSIM VOU TENTAR FAZER…GOSTARIA DE RECEBER ALGUNS BLOGS DE ARTESANATO DESSE TIPO SE VC PUDER ME PASSAR….BJO

  7. Olá Barbara! acho linda essas bolas de sisal!
    Acho que vou tentar fazer e se der certo ;vou fazer pra vender final de ano e ganhar um din dim extra!só queria saber se pode ser passado cola branca depois de ter enrolado toda a corda???
    Abraços.

    Sandra Baptista

    1. Oi Sandra. Você pode sim passar cola branca, pois impermeabiliza o sisal. Vi dessas luminárias para vender na Rua 25 de Março por R$ 25,00, dá pra tirar uma graninha fazendo pra vender sim.

  8. Adorei a idéia,pois amo artesanato vou tentar fazer!!!!!

    parabéns!!!!pelos trabalhos,se puder mande sempre coisas diferentes no meu email

    bjs

  9. Ola! Adoreia a ideia e pus em prática, no entanto ficou cola entre as cordas de sisal. Apos 2 dias secando a luminária ficou maleável. E assim mesmo? E a cola entre o sisal nao vai derreter qndo a luz tiver acesa? bju

  10. Oi Tamara! O ideal é passar a cola no sisal evitando os vãos… você pode cortar estas áreas com estilete, por exemplo e não derrete com o aquecimento da lâmpada. Geralmente ela fica firme e não maleável… não sei se você passou cola o suficiente…

  11. Oi Valéria,
    Realmente estou com bastante dificuldades de encontrar estas luminárias. Tenho muito interesse em comprá-las, mas queria cerca de 4 ou 5 com tamanhos diferentes.
    Você as faria sob encomenda?
    Caso prefira, podemos tratar por email … rafaelmacedo@rjnet.com.br … ou telefone … (21) 99963-1428.
    Grato,
    Rafael M.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s