Feeds:
Posts
Comentários

Desejo que o ano de 2012 seja de muitas mudanças. Para mim, primeiramente, mudança de casa, já que a minha se encontra na reta finalíssima e, talvez, mudança nos rumos da minha profissão, mas este é um assunto que, quem sabe, falarei mais para frente.

Me despeço de 2011 desejando aos leitores do Sobrados de Ideias um 2012 repleto de amor, saúde, paz, esperança, realizações, muito trabalho (é sempre bom!), sucesso, e din din no bolso, além de muitas reformas (na casa, na vida) e (re)decorações!


Bye bye 2011 e que venha 2012!!!! \O/

Nem preciso dizer que adoro o quadro “Lar Doce Lar” do Caldeirão do Huck. Primeiro por conta das ideias de decoração de Marcelo Rosembaum (e dos móveis da Tok Stok), segundo pela própria proposta, de ajudar pessoas que talvez  jamais conseguiriam ter uma casa tal qual o programa entrega.

Eis que na edição de sábado (3/12/2011) Rosembaum trouxe uma novidade: a parede social. Trata-se de um painel de fotos impresso sobre azulejos, um serviço oferecido pela TelhaNorte por meio de um aplicativo que permite ao usuário do Facebook personalizar azulejos com fotos postadas na rede social e comprá-los na Internet.

Painel do Lar Doce Lar estampado em 63 azulejos

É possível montar um mosáico com diversas fotos da home de páginas de amigos, ou escolher uma imagem e formar um painel maior, como o do programa do Huck, na casa do Guarujá.

Os azulejos medem 15,4 cm x 15,4 cm e custam R$9,90 a unidade + frete. É claaaaro que fiquei querendo!

Não é nada fácil escolher as cores para pintar e decorar a casa.

A paleta de cores de um ambiente pode somar até cinco cores e, dentro destas, vários tons. Se as cores escolhidas forem, por exemplo, branco, cinza, roxo e verde, dentro da mesma paleta você pode ter tons claros e escuros de verde e ainda tons claros, médios e escuros de roxo. Tudo compondo com o cinza e branco.

A própria natureza nos oferece combinações incríveis de cores nas plantas, flores e animais. Que tal se inspirar??

Adoro quando chega a época de montar a árvore de Natal (sempre monto no dia 1 de dezembro). Também gosto de ver as ruas iluminadas e brilhando à noite.

Mas, se você já enjoou daquela árvore de Natal tradicional ou, se de repente, a grana está curta para comprar uma nova, que tal bolar algo diferente?

Escada de madeira + luzinhas de Natal = uma árvore bem criativa

Apenas bolinhas presas ao teto com fios de nylon

Mini-árvore feita com rodelas de feltro colorido

De livros, para as desapegadas

Com enfeites e objetos presos na parede

Adesiva... mas só dá para usar uma vez

De arame revestido com lacinhos. Da revista Crescer.

De madeira, quase a ideia de uma cruz

Também em madeira, mais sofisticada

Ou, ainda, a árvore humana, para dar aquela alegrada no ambiente, haha

Meu desejo do momento é uma mesa de madeira de demolição. Acho simplesmente linda (além de ecologicamente correta)!

Folheando a revista Casa e Jardim deste mês (out/11) encontrei vários projetos com esta proposta. A ideia é combiná-la com cadeiras mais moderninhas.

Minha sala de jantar vai ganhar uma em breve, de peroba rosa.  Publico a foto aqui quando ela estiver pronta.

Da casa de Flávia Alessandra e Otaviano Costa, decorada por Marcelo Rosenbaum

O lado direito da mesa recebeu bancos em vez de cadeiras

A mesa é apoiada no balcão que separa a cozinha da sala de jantar (veja foto abaixo)

 

Mesa da hamburgueria Butcher's Market, de SP.

Mais rústica impossível. Foto da Casa Cláudia

Lixa + pincel + tinta = um móvel novo. Em pouco tempo – e sem gastar muito – é possível dar cara nova  e novo uso ao objeto antigo e que, muitas vezes, seria descartado.

Pode ser que para recuperar o móvel seja necessário improvisar um tampo para a mesa destruída (como placa de laminado), trocar o estofado de cadeiras ou mesmo colocar novos puxadores. Mas vale tudo, principalmente quando é um móvel de estimação que está feinho.

O passo a passo da mesinha está na edição de fevereiro/2010 da revista Minha Casa.

Cabeceira de cama antiga virou quadro

Cabeceira antiga ganhou novo uso no hall: pendurar bolsas

 

Já falei aqui que tenho em casa dois armários antigos de farmácia. Sim, daqueles de ferro e vidro, pintados de branco (no meu caso repletos de ferrugem e poeira, rs), dá uma olhada:


Acabo de encontrar novas ideias de uso e pintura na revista Casa e Jardim, para quando eu conseguir reformar os meus:

Para guardar a coleção de toy art...

... ou de miniaturas de carro

Pintado de vermelho (adorei!), no banheiro, para guardar de tudo

Colorido, no quarto do bebê, abriga brinquedos

No ateliê, para guardar materiais

Update: mais duas novas fotos, da Casa e Jardim: